Crianças podem ser youtubers? | Happy Code | Escola de programação, games e robótica para crianças e adolescentes
Happy Code | Escola de Programação e Robótica

Crianças podem ser youtubers?

novembro 03, 2017

Não é novidade que muitas crianças sonham em alcançar a fama. E  Youtube tem contribuído na concretização desse desejo ao permitir que elas criem o seu próprio canal para falar sobre o que mais gostam: games, culinária, viagens…

Mas, afinal, as crianças podem ser youtubers?

Os pais e responsáveis legais, ao autorizarem que seus filhos se tornem youtubers mirins, devem observar à idade mínima permitida pela plataforma, sendo essencial o monitoramento e orientação sobre o conteúdo que será produzido e publicado. As crianças devem ser orientadas, ainda, sobre como lidar com os comentários (positivos ou negativos) dos internautas, eventuais casos de assédio e cyberbullying e evitar a super exposição (para que falar da sua rotina, onde estuda ou mora se há tanta coisa legal a ser dita, não é mesmo?).

E pais, não se esqueçam de controlar o tempo gasto na produção do conteúdo para que não haja nenhum prejuízo na vida escolar do seu filho e para que sobre tempo para as divertidas brincadeiras offline.

Curiosiade: Você Sabia que o Youtube concede o prêmio  “Placa de Ouro” para os Youtubers que alcançam um milhão de inscritos em seus canais? Este é o caso da Youtuber Manoela Antelo, que, aos 11 anos, foi eleita uma das cinco crianças brasileiras mais influentes das redes sociais (http://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,youtubers-mirins-tem-vida-de-popstar,10000081618).

Por Silvia Opice Blum Vidal e Helena Mendonça

Conteúdo: Nethics – Educação Digital

Preparando crianças para empregos que existirão no futuroO papel das escolas na educação digital